Homem é esfaqueado e morto pela enteada no sul do Paui

0
182

Informações da Assessoria de Imprensa do Hospital Regional Justino Luz dão conta que Domingos João Pereira, de 32 anos, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito depois de dar entrada naquela unidade hospitalar ferido com golpes de faca. Ele foi esfaqueado pela enteada de 16 anos, durante uma briga na noite desta segunda-feira (04). O crime aconteceu por volta das 19h25min no bairro Nossa Senhora Aparecida, que é conhecido como Cidade de Deus. O corpo já foi liberado para perícia.

De acordo com informações do Tenente, Joel Moura, do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar), o COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) foi acionado para atender a uma ocorrência relacionada a uma suposta violência doméstica, onde uma mulher, identificada como Maria Ana Nobre vieira, de 34 anos, informou que havia sido agredida pelo companheiro, Domingos João Pereira, de 32 anos.

“Chegando ao local a guarnição constatou que era uma desavença entre o padrasto e a enteada [uma adolescente de 16 anos] e que o mesma havia a ameaçado, mas como o acusado já havia se evadido do local a vítima foi orientada a fazer um Boletim de Ocorrência”, informou o Tenente, Joel Moura.

No entanto, segundo o Oficial do 4º BPM, meia hora depois dos policiais deixarem o local o COPOM recebeu a denúncia de que a menor havia esfaqueado o padrasto. “A viatura se deslocou até o local e foi informada de que o mesmo havia sido levado para o hospital por vizinhos. Ele levou quatro facadas e estava em estado grave passando por uma cirurgia. E a adolescente foi conduzida a Central de Flagrantes e assumiu ter esfaqueado o padrasto em legitima. A faca foi encontrada e levada para a Central”, concluiu o militar.

14º homicídio

Esse foi o 15ª homicídio registrado na cidade de Picos em 2017. Além de Domingos João Pereira, de 32 anos também foram assassinados: o idoso, João Adeládio da Rocha, de 63 anos, o mototaxista, José Manoel de Sousa, o desempregado, Ubiratan de Moura Menezes, de 32 anos, que era mais conhecido como “Biro”, o ex-presidiário, Marcos Vinicius do Nascimento Santos, de 28 anos, o vendedor, Felipe Lavor dos Santos, de 26 anos, o caseiro, Francisco Pereira Sobrinho, que era mais conhecido como “Chico de Munda”, de 81 anos, a dona de casa, Jarnicleide de Holanda Leal, o desempregado, Antônio José da Cruz, o desempregado, Wesley de Almeida, de 23 anos, que era mais conhecido como “Ventinha”, o detento, Reinaldo Lopes de Moura, de 32 anos, o ex-presidiário, Wilame da Silva, que era mais conhecido como “Alemão”, de 29 anos, o menor, Marcos Moreira de Lima, de 17 anos, um homem identificado pela polícia civil como “Romero” e o ex-presidiário, José Fontes Caminha, que era mais conhecido como “Gadinho”.

18ª morte violenta

Outras três pessoas também morreram em confronto com a Polícia Militar, totalizando 18 mortes violentas no município em 2017. O assaltante, Mateus “Pirão”, foi morto em confronto com a Força Tática quando realizava um assalto no Posto Total, no Centro, no dia 23 de abril.

Já José Leonardo Silva dos Santos e Edson Barbosa, que era mais conhecido como “Buchecha”, foram mortos em um confronto com homens do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar), na Região da serra do povoado Mirolândia, no último dia 15 de janeiro, após realizarem uma série de assaltos no povoado Lagoa dos Felix e na PI 375, que liga Picos ao município de Santana do Piauí.

Número de homicídios pode aumentar

O número de assassinados registrados em Picos em 2017 pode subir. Isso porque a polícia civil ainda não divulgou o resultado da perícia apontando as causas da morte da mulher identificada como “Vera”, que foi encontrada carbonizada no último dia 06 de outubro, próximo a Passarela da BR 316. Caso a hipótese de homicídio seja confirmada, a quantidade de pessoas assassinadas no município picoense aumentará para 15 e de mortes violentas subirá para 19.

Notícia relacionada: Adolescente de 16 anos esfaqueia padrasto em Picos

Fonte e foto: Portal O Povo



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here