Marun diz que vai se licenciar e pedir impeachment de Barroso

0

Ministro do STF modificou indulto natalino e foi acusado de violar a Constituição.

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, confirmou ao Globo que vai se licenciar do cargo para voltar à Câmara dos Deputados e apresentar um pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, como ameaçou nessa terça-feira (13).

Em entrevista ao canal governamental NBR, Marun destacou que está em processo de redigir o pedido de afastamento do magistrado, que modificou o indulto natalino do presidente Michel Temer. A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) classificou os ataques do governo como uma “estratégia para constranger o STF” e rejeitou “a represália a magistrados no processo de limpeza das instituições”.

“Em base da lei do impeachment, nós passamos a redigir esse pedido baseado na evidente atuação politico-partidária e na sua falta de decoro no momento em que se sentiu no direito de desrespeitar os três poderes da República. O cidadão pode pleitear. Para que não se estabeleça essa confusão, me licenciarei e farei a entrega no Senado desse pedido”, confirmou o ministro.

O ministro ainda negou que a reação do governo seja uma forma de constranger o magistrado. Na visão de Marun, que disse não ter ouvido a manifestação da Ajufe, trata-se de “deter o espírito absolutista e até mesmo messiânico” na atuação de Barroso.

Na última segunda-feira (12), Barroso determinou que condenados por crimes do “colarinho branco”, como corrupção e peculato, não podem ser beneficiados pelo indulto de Natal. No despacho, o ministro autorizou a libertação de presos que não tenham cometido crimes de forma violenta. A avaliação do governo é de que o indulto é prerrogativa do chefe de Estado, Temer, e que o magistrado feriu esta competência ao reescrever o benefício. O juiz, por sua vez, alegou que a punição aos corruptos é importante para coibir a prática.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here