PF vê risco de segurança para prisão de Lula em sindicato

0

A Polícia Federal descarta, por ora, o envio de agentes ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo para prender o ex-presidente Lula.

(…)

Delegados afirmam que se Lula de fato não se apresentar, haverá uma avaliação constante para definir o melhor momento de realizar a prisão.

Se desejar, o ex-presidente pode se apresentar à PF em São Paulo sem ser penalizado. O procedimento comum diz que os agentes serão obrigados a cumprir o mandado de prisão normalmente.

Lula foi condenado por Moro no caso do tríplex de Guarujá em julho de 2017. Em janeiro, os juízes do TRF-4 confirmaram a condenação e votaram por aumentar a pena do petista para 12 anos e um mês de prisão.

Não apresentação

Se o ex-presidente não se apresentar, será considerado “resistência à prisão” e isso complica muito a sua situação jurídica, tornando ainda mais remota a chance de liberdade. Se houver algum incidente de violência que atinja quem quer se seja, será considerado sua responsabilidade. A lei prevê punições para uma situação como essa de não se respeitar a ordem judicial de se apresentar.

Nas outras ações penais que estão tramitando na Justiça podem ocorrer prisões preventivas. Além do mais, o benefício da sala do “estado maior” pode ser revisto dependendo dos desdobramentos. Essas são informações de juristas que acompanham o caso em detalhes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here